16ª Mostra Brasileira de Dança abre as cortinas para o público do Recife

Ao longo de nove dias, no Recife, você vai ter a oportunidade de vivenciar, de modo presencial, 11 atividades culturais de dança, através de espetáculos e oficinas. Proporcionamos a você uma experiência repleta de movimento, beleza e arte, seguindo todos os protocolos sanitários da Covid, nesse momento de retomada das atividades culturais.

Essa edição é muito importante e significativa, pois é a nossa volta aos palcos, já que a última aparição, nesse formato, aconteceu na Colômbia, em 2019. A nossa estreia é no Teatro do Parque que, após 10 anos, foi reinaugurado e entregue à sociedade pernambucana. Depois seguimos para o Teatro Luiz Mendonça, equipamento integrante do Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, e encerramos as nossas atividades no centenário Teatro de Santa Isabel, no coração do Bairro de Santo Antônio, em frente à Praça da República, no centro do Recife.

Estamos muito felizes com essa retomada, que está acontecendo aos poucos, com muito cuidado, ao lado do nosso público e dos artistas, professores e companhias que nos acompanham ao longo desses 16 anos, como a Focus Cia de Dança (RJ), o Grupo Experimental de Dança (PE), Marcos Katu Buiati e Edson Beserra (DF), o Ballet Cláudia São Bento (PE), o Grupo Endança (PE), a Cia Fátima Freitas (PE). Ao nosso parceiro, o pesquisador e coreógrafo Marcelo Sena (PE), e damos as boas-vindas ao Grupo Destramelar (PE) e à Daphine Araújo (RJ/PE).

Agradecemos aos nossos parceiros, Paço do Frevo e Aria Social, e, em especial, aos nossos patrocinadores que são a Prefeitura do Recife, através do Sistema de Incentivo à Cultura, e o Governo do Estado de Pernambuco, com o apoio do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura- FUNCULTURA. Ficam aqui os nossos sinceros agradecimentos por acreditarem no poder de transformação da arte na vida das pessoas.

A partir do dia 11 de dezembro de 2021, as cortinas estarão abertas e nós vamos aguardar por você! Essa é uma oportunidade imperdível para que você e toda a sua família e amigos desfrutem de uma programação diversa e de excelente qualidade, com valores acessíveis.

Ah! As oficinas são gratuitas! Confira a nossa programação completa no site e nas redes sociais. Curta, compartilhe, comente, e prestigie a 16ª edição da Mostra Brasileira de Dança e lembre-se: ela foi feita, com muito carinho, especialmente para você.

Edição presencial nos palcos mais emblemáticos do Recife

MDB

Espetáculos

MDB

Oficinas

Protocolo covid

Liberada a entrada com:
* Comprovante das duas doses da vacina tomadas;
* Comprovante de uma dose + PCR negativo, com teste
feito dentro de 48h antes das apresentações;
* Uso obrigatório de máscara durante o evento.

Ficha Técnica

Realização: Fervo Projetos Culturais e Paulo de Castro Produções Artísticas

Produção Executiva: Andréa Silva

Curadoria: Iris Macedo

Curadoria Noite de Gala: Fátima Freitas

Designer Gráfico e Desenvolvimento de Peças: Matheus Melo

Gestão de Redes Sociais: Alexandre Barbosa - AB Consultoria Digital

Assessoria de comunicação: Manoela Siqueira

Gestão de Bilheteria: Tiago Pinheiro

Gestão Técnica: Luciana Raposo e Cleison Ramos ( Farol Ateliê da Luz)

Coordenação dos Teatros: Juliana Couto e Maria Eduarda

Programação de Site: Keila Viana

Controle de Acesso: Claudiney Castro

Operação de Bilheteria: Pedro Rodrigues

Distribuição de impressos: Sandra Oliveira

Professores: Daphine Araújo (RJ/PE), Marcelo Sena (PE) e Edson Beserra (DF)

Artistas: Artistas Focus Cia. de Dança (RJ), Grupo Experimental (PE), Grupo Destramelar (PE), Marcos Katu Buiati (DF),Ballet Cláudia São Bento (PE), Grupo Endança (PE), Cia. Fátima

Espaços participantes: Teatro do Parque, Teatro de Santa Isabel, Teatro Luiz Mendonça, Paço do Frevo e Ária Social

Investidores: Sistema de Incentivo à Cultura - SIC, Fundação de Cultura Cidade do Recife, Secretaria de Cultura, Prefeitura do Recife e, na esfera governamental, do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – FUNCULTURA, Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado de Pernambuco, com apoio da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco - APACEPE.